O ser humano continua sendo o principal diferencial competitivo das organizações, por esta razão devemos investir no potencial das pessoas, buscando despertar nelas mais interesse e motivação pelo trabalho.

Enquanto líderes temos a obrigação de fazer com que nosso pessoal se comprometa com a empresa.

Devemos fazê-los ter orgulho do trabalho e da empresa que pertencem. Eles devem vestir o boné. Os esportes que utilizam boné são os que melhor remuneram seus atletas: Golf, Tênis e Fórmula, risos.

A motivação se dá através do reconhecimento e da valorização, tratando as pessoas com dignidade, respeito e compreensão. Acredite elas não vão te deixar.

Os líderes devem incentivar a criatividade, pois a maior riqueza para uma organização são as pessoas que pensam e compartilham internamente este pensamento, portanto, é vital gerar este tipo de reação.

O objetivo de toda e qualquer empresa é colocar o Cliente no topo para maximizar os resultados, então é necessário que as pessoas estejam em primeiro lugar. A satisfação do Cliente começa com a motivação e engajamento das pessoas, e assim o resultado para o Acionista será uma consequência destas atitudes.

Mesmo tendo a postura acima, o líder precisar identificar as razões das pessoas não estarem dando o seu melhor.

Muitas vezes as pessoas não dão o seu melhor porque não SABEM o suficiente para executar suas habilidades de forma extraordinária; porque não PODEM realizar as tarefas devido as “amarras” burocráticas ou “hierárquicas” existentes na organização ou ainda porque não QUEREM dar o seu melhor.

As 2 primeiras situações estão diretamente ligadas a liderança e cultura da organização, para a última, as razões podem ser as mais variáveis possíveis, mas na maioria das vezes as pessoas não querem, pois não foram envolvidas, comprometidas e motivadas, e essa é uma tarefa do Líder.

Se você quer ser um Líder Inteligente, pense nisso.

Skip to content