VÍDEOS

Canal Instituto IVG

1º Congresso Mulheres do Mundo - Violência contra a Mulher

1 of 8 Próximo

Canal Ritual de Gestão

Como se calcula a lucratividade de uma empresa?

Como se calcula a lucratividade de uma empresa?

✔ Seja membro da Academia Ritual de Gestão:
https://conteudo.ritualdegestao.com.br/academia

✔ Converse comigo agora mesmo:
https://bit.ly/WhatsApp_RitualDeGestao

✔ Me siga no Instagram:
https://www.instagram.com/brunolozano/

#empreendedorismo #lucratividade #pequenasempresas #lucro

Será que você está calculando ...
a lucratividade da sua empresa de uma maneira adequada?
Vamos esclarecer o que é o indicador de lucratividade:
Qual que é a fórmula de cálculo de lucratividade?
É o lucro dividido pelo faturamento, ou seja, é o resultado que a sua empresa gerou dividido por tudo que ela vendeu.
Exemplo: Vendo uma caneca por R$ 10,00, se durante 30 dias eu vendi 1.000 canecas, no fim do mês eu vou ter faturado R$ 10.000,00. Digamos que o custo de produção desta caneca tenha me gerado R$ 6,00 ao todo. Qual que seria o meu lucro em cada caneca? R$ 10,00 eu estou vendendo, meu custo R$ 6,00. Resultado: R$ 4,00. Então eu tenho R$ 4,00 de lucro ou 40% de lucratividade. Eu pego os R$ 4,00 de lucro divido pelos R$ 10,00 de faturamento, eu tenho 40% da lucratividade.
Por que algumas pessoas se confundem?
Ela pensa: estou comprando esta caneca por R$ 5,00, vendo por R$ 10,00. Lucro de R$ 5,00, estou tendo um lucro de 100%, porque é o dobro. Na verdade, este cálculo está errado.
Isso é um retorno sobre investimento. A lucratividade sempre vai ser o seu resultado dividido pelo faturamento. É impossível você ter uma lucratividade acima de 100%, porque o seu lucro nunca vai ser maior que o seu faturamento.
Porque entender esse conceito é importante?
Porque muitas vezes esse entendimento errado de lucratividade te prejudica na hora de precificar os seus produtos.
Ex.: É muito comum no segmento de comércio (vestuário) alguns empreendedores pensarem: vou comprar essa camisa por R$ 50,00 ou colocar uma margem de 100% de lucratividade, um conceito errado e vou vender esta camisa por R$ 100,00. Começa, trabalha, vende camisas e por alguns motivos fez o estoque e parou de vender camisas. As camisas estão no estoque e com o produto parado. Chega de repente janeiro esse gestor toma a decisão: já que estou com este produto parado eu vou fazer uma liquidação. O que ele pensa: se eu coloquei uma margem de 100% nesse produto, se eu der desconto de 50% está bom, eu ainda estou com 50% de lucratividade.
Vamos fazer conta: se eu comprei esta camisa por R$ 50,00 e supostamente coloquei uma margem de 100% e essa camisa foi a R$ 100,00, quando chegou aquele momento de liquidação e eu decido dar 50% de desconto nesse produto pra qual preço essa camisa vai?
Ou seja, ela custava R$ 50,00, passou a custar R$ 100,00, coloquei uma liquidação de 50% de desconto: resultado R$ 50,00. Só que além desse desconto você tem que pagar comissão, custo fixo, imposto, e no fim das contas você está tendo prejuízo. Quanto mais você vende, mais você perde, porque não soube interpretar um simples conceito financeiro.
Entender este conceito de lucratividade vai te dar mais lucidez no processo de gestão financeira e no processo de precificação.
Considere a sua empresa ou o seu produto como se fosse uma pizza, ou seja, uma fatia da sua pizza é o custo do produto, uma fatia da sua pizza é imposto, a fatia da sua pizza são demais despesas e a outra fatia da sua pizza é o lucro. Essa fatia que sobra dividido pela pizza inteira ou pelo faturamento inteiro é de fato a sua lucratividade.
Te vejo no próximo vídeo e sucesso na jornada!
1 of 13 Próximo
Skip to content